×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 806

Tributário

Alguém crê que num país em que a União Federal, 27 Estados, o Distrito Federal e 5.570 municípios detêm competências tributárias específicas será possível, algum dia, se construir uma REFORMA TRIBUTÁRIA de interesse geral do País?

Depois de 20 anos debatendo tributação sou forçado a afirmar que o debate sobre o tamanho da carga tributária, hoje, é menos importante que o debate sobre sua qualidade, tamanha a dimensão da deterioração sistêmica da qualidade da tributação nesse período.

Exposição de Roberto Nogueira Ferreira na Comissão de Finanças e Tributação da CD em 2011

Exposição de Roberto Nogueira Ferreira na CD - 2011

(I) Introdução

Os debates sobre os efeitos perversos da tributação brasileira na competitividade empresarial – com propostas de mudança – tornaram-se mais contundentes e recorrentes a partir de 1990, marco da abertura comercial.

A Constituição Federal de 1988, ao redistribuir competências e encargos entre os três níveis da federação, está na gênese do processo de deterioração do federalismo fiscal, com efeitos danosos na tributação e, em conseqüência,  na competitividade das empresas brasileiras.

Página 2 de 2
19244032